jusbrasil.com.br
13 de Dezembro de 2017

7 Sites para você publicar artigo jurídico na internet

Quer publicar artigo de direito online e não sabe onde? Esse texto é para você.

Natália Oliveira, Advogado
Publicado por Natália Oliveira
há 20 dias

Um bom profissional do direito, mesmo em sua época de faculdade, deve estar habituado a produzir conteúdo jurídico, seja em trabalhos da faculdade, contagem de horas de atividades extracurriculares, para contabilizar produção de artigos para concursos ou mesmo para firmar seu reconhecimento profissional e intelectual, e a internet é um excelente ambiente para isso. No mundo online é possível publicar artigos jurídicos em diversos sites e separei aqui alguns deles, especificando suas características, para que você escolha o mais adequado às suas necessidades.

Levei em consideração alguns pontos:

  • O page rank do site, que se refere a relevância do site nas pesquisas do Google, numa escala de 0 a 10.

  • Se possui ou não um editor de texto personalizado.

  • A existência ou não do ISSN, que é um código de padronização internacional para individualizar a obra.

  • A existência ou não de uma seleção dos artigos por meio de um conselho editorial.

  • A forma de envio dos artigos.

  • As possibilidades do ambiente no que tange o público; se é mais acadêmico e com conteúdos extensos, se é voltado a internet e o público leigo em geral, se cabe os dois, etc.

  • Especificidades do site.

Esclarecimentos feitos, agora vamos a lista.

Jusbrasil

O page rank do Jusbrasil é de 06/10. De todos, é o que conta com maior visibilidade de leitores (32 milhões de acessos mensais).

Seu editor de texto é personalizado e simples. Ideal para quem deseja produzir artigos informativos de qualidade para o público leigo e profissionais da área jurídica. Costuma ser listado entre os principais resultados em mecanismos de busca como o Google.

É também um espaço para quem quer divulgar escritos acadêmicos, científicos e modelos, já que é o site jurídico brasileiro mais acessado. Por ter um perfil mais colaborativo e menos burocrático, o site não possui ISSN.

Âmbito Jurídico

O Âmbito Jurídico possui ISSN e os artigos passam por uma seleção de conselho editorial. Conta com a emissão de certificados de publicação, mas apenas para quem passar pelo conselho. Uma característica do site é que não se pode apagar os artigos depois, como consta nas regras de publicação.

O cunho do portal é mais estritamente acadêmico, não indicado para leigos que procurem seus direitos na internet. O envio dos artigos é feito por email e o site não possui editor de texto. Seu page rank é 04/10.

Lex Magister

O Lex Magister também possui ISSN e também conta com uma seleção de conselho editorial. Uma de suas características é que o artigo pode ser direcionado a produtos pela Lex. Não possui editor de texto próprio e o envio é pelo email.

O site tem um forte cunho acadêmico, inadequado para o público leigo, mas trata-se de uma revista com muita experiência e já a bastante tempo na ativa, fruto de uma união entre a Lex Editora e a Editora Magister. O page rank é 0/10.

Jus

Anteriormente chamado de Jus Navigandi, o Jus tem um page rank de 05/10. Também possui ISSN para suas publicações e igualmente conta com uma seleção de conselho editorial. O certificado é apenas para os artigos escolhidos, mas é possível publicar e deixar o artigo disponível no site.

O Jus possui um editor de texto personalizado para que as pessoas possam escrever diretamente no site. Tem foco acadêmico, mas também atinge o público leigo.

DireitoNet

O page Rank do DireitoNet é de 05/10 e o site não possui ISSN. É bem fácil encontrá-lo quando se pesquisa assuntos acadêmicos e artigos objetivos para estudo, sendo ao mesmo tempo acadêmico e informal. É possível escrever para o público leigo, mas o foco maior é estudantil.

Não conta com um editor de texto próprio e o envio de textos é por um formulário de publicação.

Conteúdo Jurídico

O site Conteúdo Jurídico tem foco totalmente acadêmico, indicado para quem quer algo mais formal, e não para quem quer um cunho mais informativo e voltado ao público leigo em geral. Não possui um editor de texto e o envio dos artigos é feito pelo email. O page rank do site é de 02/10 e o site possui ISSN.

Conjur

Já bem conhecido, no Conjur você precisa enviar o artigo por email para ser avaliado, em formato word. Segundo o próprio site, devido a grande quantidade de envios de artigos que recebem, muitos acabam sendo descartados no processo, mesmo os com qualidade.

O page rank do site é 06/10 e os artigo costumam ser mais formais, porém, não necessariamente acadêmicos. É mais voltado para o jurista que quer manter-se atualizado e possui ISSN.

Existem outras opções para publicar que não são exclusivas do mundo do direito, como o Medium ou o LinkedIn, mas espero que ajude você a escolher.

Até a próxima.


💚 👆 Esta publicação foi útil? Recomende a leitura, clicando no coração lá em cima.

→ Se quiser contribuir com o conteúdo, comente! Se houver equívocos, aponte! Toda contribuição é válida.

9 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

O melhor é o Jusbrasil ♥ continuar lendo

Muito bom essas informações, principalmente para alunos que como eu, está tentando publicar artigos que valham como horas para o curso de direito. Parabéns pela disponibilidade. continuar lendo

Excelente publicação! Muito útil para quem tem o objetivo de divulgar artigos jurídicos. continuar lendo

Excelente artigo! continuar lendo